Quais os músculos usados no surf?

Surf: um desporto que trabalha quase todos os músculos do corpo humano | Foto: Creative Commons

O surf é um desporto completo. A acção de apanhar uma onda envolve o uso de ossos, tendões e da maior parte dos grupos musculares do corpo humano.

Os surfistas são conhecidos por desenvolverem rapidamente flexibilidade e resistência, mas quais são exactamente os músculos envolvidos no acto de apanhar uma onda?

O conceito de treino de surf é relativamente recente. Ao longo das duas últimas décadas, os surfistas profissionais começaram a dedicar mais tempo a melhorar o seu desempenho e a adoptar treinos especialmente desenhados para o efeito.

Mas o que pode fazer um surfista amador em termos de actividade física para melhorar o seu desempenho no line-up? Existe algum tipo de treino ou guia de fitness para surfistas?

Com o tempo, temos vindo a perceber que certos músculos desempenham papéis vitais em vários aspectos do desporto.

Estes músculos podem ser treinados para proporcionar um melhor desempenho ou condicionados para serem menos propícios a lesões.

Quando remamos para uma onda, vários músculos entram em acção: tríceps, bíceps, deltóides; o trapézio, o reto abdominal, o grande dorsal e os oblíquos.

O envolvimento de tantos grupos musculares obriga, naturalmente, à realização de um aquecimento prévio, de forma a prepará-los devidamente para o esforço que lhes será exigido nas horas seguintes.

Os primeiros alongamentos, feitos na praia antes de entrar no mar, devem incidir sobre os músculos envolvidos na acção de remar, mergulhar e apanhar as primeiras ondas. Não se esqueça de voltar a alongar também no final da sua sessão de surf.

Os Músculos na Onda

Mais tarde, quando se estiver a levantar para apanhar uma onda, o músculo peitoral maior, os deltóides, os bípecs e tríceps vão elevar o seu corpo antes de se colocar de pé.

Assim que os seus pés tocam a prancha de surf, entram em funcionamento os principais músculos da parte inferior do corpo, como os quadríceps, os glúteos e os gastrocnémios.

Será fácil distinguir os músculos que estão bem preparados dos que necessitam de mais trabalho, consoante lhe dêem um bom suporte e distendam facilmente ou tremam e “falhem”.

Será como se o seu corpo lhe perguntasse: como está a correr o seu treino de força?

No surf, os músculos da anca são muito importantes. Eles serão chamados a actuar para completar bottom-turns, carves, aéreos, snaps e roundhouse cutbacks, e estão também frequentemente associados a rotações de tronco, que acontecem a todo o momento.

O treino de força permite aumentar o tamanho dos músculos e fortalecê-los, de forma a prepará-los para grandes esforços.

Se dedicar 30 minutos por dia, três dias por semana, a estes exercícios, será capaz de enfrentar com facilidade os grandes e desafiantes closeouts de inverno.

Além de implementar uma rotina de exercício adequada e moderada para manter os músculos activos, deve também mantê-los oxigenados e devidamente nutridos.

Para isso, não fume e mantenha uma alimentação saudável e equilibrada.

Os músculos são uma fonte de força e projecção. Se cuidar deles devidamente, ficará surpreendido com a sua evolução no espaço de apenas algumas semanas.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.