Como “ler” as ondas do mar

Surf: saiba como fazer uma boa leitura das ondas | Foto: Shutterstock

No surf, uma das questões mais frequentes é: como é que as ondas quebram? Como irá quebrar uma onda sobre uma determinada topografia oceânica? Descubra as respostas a estas perguntas e saberá sempre para onde deve remar – para a esquerda, para a direita ou nem sequer tentar.

Quando estamos na água, sabemos que as ondas vão rebentar. Saber interpretá-las e antecipar a direção na qual vão quebrar é uma das competências mais importantes na prática de surf.

Quer seja um iniciante, um praticante intermédio ou um profissional, deve sempre saber como fazer a leitura de uma onda.

Escolher a onda certa implica observação e abre-lhe todo um universo de vantagens em relação aos outros surfistas.

Ao dominar esta arte, irá apanhar mais frequentemente as melhores ondas, cair menos vezes, cansar-se menos e, acima de tudo, divertir-se muito mais.

Os surfistas mais experientes conseguem perceber exactamente como as ondas vão quebrar e fluir, mesmo não estando familiarizados com o local onde se encontram.

Leitura das Ondas: Closeouts Não Servem Para Surfar

A primeira lição é a mais simples de todas: não é possível surfar ondas que fecham por inteiro porque elas não possuem uma face à qual a superfície da prancha possa aderir.

Agora que já sabe que não pode apanhar ondas que quebram todas de uma vez, como decifrar o “código genético” de uma onda, ou como perceber se ela vai quebrar para a esquerda ou para a direita?

Quando estiver a observar ondas ainda em formação, eis no que deve atentar:

Olhe para a linha do horizonte;

1. Quando um set de ondas estiver a surgir, compare a linha do horizonte com o ângulo da onda;
2. Identifique o ponto mais elevado (pico) da onda;
3. O lado com a inclinação ou ângulo mais íngreme indica para onde irá quebrar a onda;
4. A direcção na qual a onda quebra é a direcção na qual deve surfar;

Uma vez explicado como saber se uma onda é uma esquerda ou uma direita, vamos abordar duas outras possibilidades que podem ocorrer: uma onda mista ou um closeout.

Uma onda mista, também designada de “A-frame”, ocorre quando o pico em formação tem um ângulo idêntico em ambos os lados, como um “V” invertido.

Nestes casos, a onda vai quebrar simultaneamente para a esquerda e para a direita. Se estiver perfeitamente posicionado no pico da onda – o local de arranque – pode escolher ir para a esquerda ou para a direita.

Os closeouts, ou seja, as ondas que fecham todas de uma vez e que mencionámos anteriormente, são geralmente impossíveis de surfar.

Ao observá-las vai reparar que a linha da onda é paralela à linha do horizonte. Não há ângulos nem inclinações, o que significa que a onda vai quebrar simultaneamente ao longo de toda a face.

Regra geral, o ponto mais alto – o pico da onda – é o local onde a onda vai quebrar primeiro, por isso esse é o sítio onde deve estar posicionado.

Agora que já sabe o que tem de fazer, comece a ler as ondas na sua praia habitual e rapidamente vai aprender tudo o que precisa de saber.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.